RACHADEL 1 X 1 ESTRELA AZUL - 11/6/2017

Antônio Carlos (SC)

HISTÓRIA DE ANTÔNIOS CARLOS














Em setembro de 1828 os primeiros imigrantes alemães de Santa Catarina saíram de seu país de origem, Alemanha, no navio “Johanna Jakobs”, em direção ao Brasil, no qual desembarcaram em outubro de 1828, no Rio de Janeiro.
No dia 28 de outubro partiram para o Sul do Brasil, Nossa Senhora do Desterro, hoje Florianópolis, em dois veleiros, o Brigue Luísa e o Bergantim Marquês de Vianna. Estes veleiros traziam a bordo 635 imigrantes, vindos da região do Rio Mosela, Hunsrück e Eifel, hoje Estado da Renânia-Palatinado, na Alemanha.
Mas foi no dia 1º de março de 1829 que os imigrantes alemães fundaram a primeira colônia alemã de Santa Catarina, São Pedro de Alcântara. Como a terra não era fértil para a colheita, os imigrantes decidiram migrar para outras localidades do Estado, como: Antônio Carlos, Angelina, Blumenau, Pomerode e Águas Mornas.
No dia 6 de maio de 1930 foi fundada a colônia de Antônio Carlos. Alemães comandados por João Henrique Schöeting, desbravaram a planície do Rio do Louro, no alto Biguaçu, e deram início a efetiva colonização das terras que viriam compor o município.
Foram dez famílias que iniciaram a colonização, primeiro no Louro e mais tarde em Santa Maria e Rachadel. Mas antes da chegada dos alemães nestas localidades, portugueses e negros já habitavam a região.

Em 6 de novembro de 1963 foi criado o município de Antônio Carlos, desmembrando-se de Biguaçu. Seu nome foi uma homenagem ao estadista brasileiro Antônio Carlos Ribeiro de Andrade, político mineiro com grande atuação na Revolução de 30.

Antônio Carlos mantém ainda características marcantes de sua colonização, como: fé e cultura familiar, culinária, dialeto e a arquitetura germânica dando mais charme para o município.

Fonte: http://www.antoniocarlos.sc.gov.br/conteudo/?mode=pa&item=14637&fa=7&cd=24536